Fed mantém taxa de juros em 5,25% pelo segundo mês

0
597

Analistas falam em desaceleração da economia dos EUA

O Federal Reserve, Banco Central dos Estados Unidos, manteve sua taxa de juros em 5,25% pelo segundo mês consecutivo, reconhecendo uma desaceleração do crescimento econômico.
O Fed pôs fim a um ciclo de dois anos de aumentos em agosto, e a decisão era bastante aguardada, por definir a situação econômica atual.

“A moderação do crescimento econômico parece estar continuando, refletindo parcialmente um esfriamento do mercado imobiliário”, afirmou a entidade em um comunicado, que deverá ser examinado como um sinal de suas futuras intenções.

O banco disse que qualquer ajuste monetário vai depender de mudanças nas projeções de inflação e crescimento econômico.

Economia global

A decisão do Fed foi vista como uma reação a um ambiente econômico mais benigno, em que as pressões inflacionárias se acalmaram e o preço do petróleo caiu.

Mas analistas lembram que a falta de um consenso dentro da própria instituição significa que aumentos futuros nas taxas não podem ser descartados.

Os especialistas também manifestaram preocupação de que uma grande desaceleração do crescimento dos Estados Unidos atinja a economia global no ano que vem, mas legisladores americanos insistem em que o crescimento se manterá sustentável.

Apesar de a inflação anual seguir em 2,8%, acima da meta de 2% do Fed, os preços ao consumidor subiram 0,2% no último mês.

O mercado imobiliário, um dos motores da economia americana nos últimos anos, se desacelerou, com a recente queda nas vendas.