Festa Junina USA, sucesso total em Boca

0
628

Segundo os organizadores, expositores e público ficaram satisfeitos com o arraial

Cerca de duas mil pessoas estiveram na Olympic Heights Community High School, em Boca Raton, neste sábado para comemorar as festas juninas. Os adultos puderam relembrar os tempos de Brasil e as crianças, que compareceram em grande número, puderam conhecer uma festa típica brasileira.

Segundo Débora Cristina, da Sunny Fest, organizadora do evento juntamente com a Fundação Vamos Falar Português, o novo local foi muito bom porque permitiu que a festa fosse ao ar livre ao mesmo tempo em que havia uma área coberta no caso de ter chovido.
Assim, os organizadores já pensam em reservar o espaço para a Festa Junina do próximo ano. Só que desta vez vou preferir um domingo porque muitas pessoas se queixaram, dizendo que não puderam ir porque estavam trabalhando, comentou Débora.

Ela também se mostrou surpresa pela quantidade de americanos e hispânicos que foram prestigiar um evento tipicamente brasileiro. Até mesmo o pessoal da escola onde sua filha mostrou muita animação. Eram só americanos e eles estavam encantados. A turma da portaria me disse que as crianças iam embora chorando porque queriam ficar mais. E veio gente de Miami, de Weston, de West Palm Beach.
Traziam as crianças vestidas como caipiras. Legal vermos que as festas juninas ainda mantêm seu encanto, acrescentou a promotora do evento.

Reservas para Brazilian Day

Diante do sucesso, muitos expositores já procuraram Débora para reservar seus espaços na festa de 2012. Outros também querem garantir presença no Brazilian Day, marcado para o dia 6 de novembro, no Bayfront Park, ao lado do Bayside, no centro de Miami.

Quem gosta de agito, já pode programar-se. A festa será apresentada por Luciano Huck e terá como principal atração a banda baiana Jamil e Uma Noites. A boa notícia dada por Débora é a de que os abadás já estarão à venda a partir do próximo mês.

E ela aconselha o pessoal a ser rápido, porque no ano passado eles acabaram em apenas duas semanas: Foi impressionante. Veio gente de Boston, da Califórnia, de outros estados e até mesmo do Brasil. Infelizmente, choveu muito naquele domingo e atrapalhou o evento, mas mesmo assim o pessoal não arredou pé.

Vale lembrar que o Brazilian Day 2010 foi realizado em abril, perto do Descobrimento do Brasil. Entretanto, por ser uma temporada chuvosa no sul da Flórida, os organizadores decidiram transferir a data para o mês de novembro, época em que raramente são registrados furacões e ocorrem poucas chuvas. Além disto, o clima é ameno, com o calor intenso tendo diminuído e geralmente com temperaturas agradáveis.