Flórida pode apoiar educação superior para indocumentados

0
548

Líder republicano estadual defende mensalidades iguais para todos

Embora a Assembleia Legislativa da Flórida seja dominada pelos republicanos e já rejeitou outras propostas para similares para conceder igualdade aos jovens indocumentados, parece que este ano pode ser diferente: o presidente da Casa, Will Weatherford manifestou seu apoio.

“Sei que este tema desperta opiniões fortes, particularmente no meu partido”, disse Weatherford aos jornalistas. “Mas acho que é a coisa certa. Tem meu apoio.”

Com as bençãos de Weatherford, a proposta deve ganhar força na Casa.

O senador estadual John Legg, republicano que preside o Comitê de Educação, expressou sua “preocupação” com o projeto de lei. “Mas se é uma prioridade do presidente Weatherford, terá nossa atenção”.

Tanto a Florida International University como o Miami Dade College recentemente começaram a conceder mensalidades parciais para estudantes que participam do programa DACA do presidente Barack Obama. O programa permite aos jovens adultos trazidos para o país ilegalmente antes dos 16 anos ter seu processo de deportação adiado por pelo menos dois anos.

Na University of Florida e na University of South Florida, os líderes estudantis estão pressionando para que sejam adotadas políticas similares.

Mesmo no âmbito nacional a coisa mudou, especialmente entre os republicanos que procuram ampliar sua base entre os eleitores hispânicos. No mês passado, o governador republicano Chris Christie, de New Jersey, assinou um projeto de lei tornando seu estado o 17º a oferecer mensalidades iguais para certos estudantes indocumentados.

“Estamos vendo medidas de mensalidades iguais terem apoio bipartidário”, disse Tanya Broder, advogada sênior do Centro Nacional de Lei de Imigração. “Em alguns casos, as propostas foram apresentadas pelos republicanos. Se a Flórida aprovar, estará se juntando a estados como Oklahoma, Texas, Nebraska e Kansas.”