França assume presidência da União Européia

0
648

Sarkozy tem pela frente impasses com relação à imigração

A França iniciou esta semana seu período de seis meses à frente da União Européia. Entre os principais desafios do presidente Nicolas Sarkozy está o debate sobre a imigração no bloco. Ele quer que a Presidência francesa imponha mudanças substanciais ao modelo de funcionamento da Europa, priorizando a proteção de seus cidadãos e “mudança profunda” na maneira com a qual a Europa está sendo construída.

“Temos de chegar a um acordo de uma política que proteja a todos. Esse é o sentido do pacto europeu para a imigração”, disse Sarkozy, ressaltando que a aceitação de estrangeiros na região pode explodir o pacto social europeu. No entanto, o presidente admitiu que um pacto comum de imigração que agrade a todos os integrantes do bloco não é fácil.

Segundo a BBC, por sugestão do governo brasileiro, os presidentes dos países do Mercosul divulgaram uma declaração conjunta “rejeitando” as novas regras de repatriação de imigrantes da UE. Inicialmente, a declaração se limitaria a falar em “preocupação” do Mercosul com as novas diretrizes, aprovadas no último dia 18 pelo Parlamento Europeu, que criminalizam a imigração ilegal.