Fronteira da morte

0
766

Mortos na divisa do México com os EUA já passam de três mil no ano

Só em 2010, o número de mortos com a violência relacionada ao narcotráfico passou de três mil na fronteira entre o México e os Estados Unidos, em especial em Ciudad Juárez, principal centro tráfico de drogas na região. As duas últimas vítimas foram executadas esta semana em plena luz do dia, numa movimentada rua do centro da cidade.

Segundo a polícia, a taxa de homicídios perto da cidade americana de El Passo, no estado do Texas, aumentou muito em função da briga entre gangues rivais. Nos últimos três anos, um total de 7.386 pessoas morreram só naquela região, inclusive civis, policiais e pessoas em reabilitação por uso de entorpecentes. No país inteiro, já são 28 mil vítimas fatais na guerra do narcotráfico, desde 2006, quando o presidente Felipe Calderón lançou uma ofensiva contra os cartéis.