Fuja do foreclosure

0
534

Apesar da crise imobiliária, há maneiras de ter sucesso na negociação com os bancos

A crise imobiliária atingiu o sul da Flórida em cheio e muitas cidades da região estão na lista das dez metrópoles do país com mais incidência de foreclosures: em Fort Lauderdale, Miami e West Palm Beach, por exemplo, um em cada cinco financiamentos está em atraso. Mas todos os proprietários têm chance de manter seus imóveis.

Quem garante é a Brazilian Solution Center, empresa especializada em trabalhar com moradores que estão em foreclosure e que atua junto a escritórios de advocacia do segmento. Para obter sucesso nas negociações com os bancos ou instituições financeiras, a BSC lança mão do plano de mediação com o Florida Rules of Civil Procedure, em busca de uma solução que seja favorável para todas as partes. “Há casos em que conseguimos até abaixar o valor do financiamento”, garantem os especialistas da empresa, que esclarecem algumas dúvidas da comunidade brasileira:

(Confira outros esclarecimentos na próxima edição)

1 – Estou atrasado com os meus pagamentos ou estou prevendo que em breve não poderei mas manter os pagamentos em dia, pois minhas parcelas foram ajustadas. O que deve fazer?
O mais importante é entrar em contato com o Banco imediatamente e explicar sua situação. Muito provavelmente você conseguirá um acordo de tolerância, onde não terá que efetuar seus pagamentos durante alguns meses. Você também pode solicitar um plano de pagamentos para ajustar as parcelas em atraso, ou então pedir uma modificação em seu empréstimo, que lhe permitira uma mudança nos principais termos de seu contrato, reduzindo seu juros ou até o seu ‘balance’ principal, de maneira que você terá uma parcela de valor reduzido.

2 – Um Oficial acabou de entregar em minha porta uns papeis de Falência imobiliária. Que devo fazer agora?
Peça ajuda a um profissional. Você tem 20 dias, a partir do momento em que recebeu esses papéis, para que encontre um profissional que possa defendê-lo na Justiça. Se nada for feito durante esses 20 dias, além de assumir as denúncias contra você, estará correndo o risco de a qualquer momento um policial bater em sua porta e mandar desocupar o imóvel. Ao mesmo tempo, os advogados do Banco registram um queixa contra você, muito difícil de ser eliminada em um processo de falência imobiliária.

3 – Minha casa vale menos do que quando eu assumi a dívida. Posso pedir ao Banco que reduza o valor da dívida, e dar o valor atual de mercado para minha casa?
Tem sido esta a experiência, até a hora que os Bancos decidem registrar a venda de sua hipoteca. Os bancos têm se mostrado mais flexíveis em reduzir as taxas de juros, adicionando as parcelas em atraso ao final de seu financiamento, permitindo que os clientes façam os pagamentos somente dos juros ou permitem aos mesmos que permaneçam em suas casas o tempo necessário até o momento da venda (short sale). Os bancos, porém, não estão negociando a redução do valor de mercado da casa. Isso porque a economia mundial mudou dramaticamente, principalmente nos últimos meses. Mas vale a pena perguntar, mas recomendamos aos clientes que não se iludam com esta opção.