Fundação Icla da Silva promove evento beneficente

0
571

Objetivo é arrecadar fundos para que a entidade continue sua obra social

Muitas vezes nos perguntamos: será que estamos fazendo o melhor que podemos para ajudar aqueles que, ao contrário de nós, vivem com problemas sérios de saúde ou financeiros? Estamos cumprindo realmente o nosso papel na sociedade em que vivemos?
Se você hesitou em responder sim a estas questões, talvez seja a hora de adotar uma nova postura, mais humana e cooperativa. E uma ótima oportunidade é prestigiar o evento promovido pela Fundação Icla da Silva, que se realizará neste próximo dia 15 de junho, no Broward Center for the Performing Arts (201 SW 5th Avenue, Fort Lauderdale).

O evento promete ser bastante interessante, pois terá a exposição da artista plástica brasileira Eleonora Goretkin (www.eleonoragoretkin.com) e show de MPB com Beatriz Malnic, além de coquetel e jantar. Para arrecadar verbas que ajudarão a manter a Fundação Icla da Silva, serão relizadas rifas (gift certificates, cestas da HBO, Warner Music e Broward Center etc) e leilão de itens (luvas de Michael Oliveira, camisa do Flamengo autografada por jogadores, tela de Eleonora Goretkin, sessão de fotos com Jade etc.).

A noite será especial também porque teremos a chance de divulgar o trabalho da Fundação para um público diverso e de arrecadar fundos para que o trabalho de apoio aos pacientes de leucemia, linfoma e outros tipos de câncer no sangue não seja interrompido. Vale lembrar que a Fundação é uma instituição sem fins lucrativos sob a seção 501(c) 3 do código IRS (Estados Unidos).

O ponto alto do evento será o primeiro encontro entre uma ex-paciente de leucemia e o doador de medula óssea que salvou a vida dela. A garota Caroline Dill de 7 anos, de idade, que mora no Texas, e recebeu a doação do brasileiro Eduardo Dombrowski, que vive em Boca Raton. Sem dúvida, deve ser um encontro emocionante que sensibilizará mais pessoas a se engajarem nesta causa. Por isto, os organizadores do evento contam com a presença dos brasileiros neste evento. Quem quiser saber mais informações sobre como participar, pode acessar o site icladinner.eventbrite.com.

Para se registrar como doador, é muito fácil. Basta a pessoa ter entre 18 e 60 anos, gozar de boa saúde em geral e estar disposta a doar para qualquer paciente. As chances de compatibilidade são de aproximadamente 1 em cada 30 mil registros. Basta passar quatro cotonetes na parte interna da bochecha e estar disponível quando for chamado. Quem quiser saber mais informações, pode contatar Carlos Wesley pelo telefone (646) 385-0671.

Quem somos

A Fundação Icla da Silva é o maior centro de recrutamento de doadores de medula óssea nos Estados Unidos. Com uma média de 40 mil doadores adicionados ao Programa de Medula Óssea nos Estados Unidos a cada ano, a instituição atua especialmente junto a comunidades de minoria étnica nos Estados Unidos – incluindo brasileiros. Estamos pouco representados no banco de doadores e, por isso, é mais difícil encontrar um compatível para estas minorias.

A instituição foi criada em 1992, em memória da adolescente brasileira Icla da Silva, que foi vencida pela leucemia após três anos de luta contra a doença. Ela faleceu aos 13 anos de idade, nos Estados Unidos, para onde veio em busca de um transplante de medula óssea, o único tratamento que poderia salvar sua vida. Infelizmente, ela jamais encontrou um doador compatível. No entanto, com a ajuda da Fundação, muitos outros pacientes estão conseguindo uma segunda chance na vida.

Ao completar 20 anos de um belo trabalho, a Fundação continua expandido seus esforços para proporcionar assistência e esperança a centenas de famílias em todo o mundo. Um dos nossos maiores desafios é aumentar a conscientização do público em geral sobre a necessidade de levar maior diversidade ao registro de doadores de medula óssea.