Furacão “Helene” vira tempestade tropical e perde força

0
886

O centro da tempestade deve passar ao norte das Ilhas Açores ainda neste domingo

O “Helene” perdeu força e se transformou em tempestade tropical nas águas abertas do Atlântico, e a expectativa é que continue perdendo força nas próximas horas, informou neste domingo o Centro Nacional de Furacões (NHC, sigla em inglês) dos Estados Unidos.

O “Helene” tem ventos máximos de 110 quilômetros por hora e seu padrão de trajetória indica que seguirá rumo ao nordeste, a cerca de 33 quilômetros por hora, uma velocidade que diminuirá nas próximas 24 horas, segundo o último boletim do NHC, com sede em Miami.

O olho do sistema está localizado próximo à latitude 40,9 graus norte e à longitude 37,5 graus oeste, cerca de 955 quilômetros ao oeste-noroeste das ilhas Açores, indicou o NHC. O centro da tempestade deve passar ao norte das ilhas ainda neste domingo.

A atual temporada, que começou em 1º de junho e tem fim previsto para 30 de novembro, já teve quatro furacões: “Ernesto”, “Florence”, “Gordon” e “Helene”, seis a menos do que no mesmo período da temporada passada, que entrou para a história da meteorologia como a mais intensa e destrutiva já registrada. Além disso se formaram oito tempestades tropicais, nove a menos do que no mesmo período da temporada passada.

O meteorologista americano William Gray, conhecido como o “guru” dos furacões, previu em setembro que a atual temporada de furacões será menos intensa do que havia sido previsto em maio. Gray prevê que este ano se formem 13 tempestades tropicais e cinco furacões, dois dos quais com ventos superiores a 178 quilômetros por hora