Gêmeo de presidente morto sobe nas pesquisas na Polônia

0
487

Histórias de gêmeos costumam despertar curiosidade, mas na Polônia o caso parece até ficção. O líder oposicionista Jaroslaw Kaczynski, irmão gêmeo do presidente polonês morto num acidente aéreo em abril, está crescendo nas pesquisas e pode ser a surpresa no pleito de 20 de junho. Ele está na disputa com outros nove candidatos.

O presidente do Parlamento, Bronislaw Komorowski, que ocupa interinamente o cargo mais importante do país desde a queda do avião do então presidente Lech Kaczynski caiu na Rússia, é o favorito na eleição e tem apoio do primeiro-ministro Donald Tusk, do partido centrista Plataforma Cívica. No entanto, desde 10 de abril (data do acidente), o conservador Jaroslaw Kaczynski, do partido Lei e Justiça, tem subido na preferência do eleitorado.

De acordo com a mais recente pesquisa, o segundo turno é inevitável: nenhum dos 10 candidatos vai obter maioria absoluta, o que levará a população de novo às urnas duas semanas depois do primeiro turno. Kaczynski avançou para 41% das intenções de voto no segundo turno, ainda 14 pontos atrás de Komorowski, mas sendo o único a crescer sete pontos percentuais desde a pesquisa anterior. Ele já foi primeiro-ministro do país em 2006 e 2007.