Giovana Antonelli e Gianecchini filmarão no sul da Flórida

0
727

Atores vem à região para as filmagens da sequência do sucesso “S.O.S. Mulheres ao Mar”

Giovana Antonelli e Gianecchini filmarão no sul da Flórida

DA REDAÇÃO (com UOL) – Os atores Giovanna Antonelli e Reynaldo Gianecchini voltam ao mar em 19 de fevereiro e começam a filmar “S.O.S. Mulheres ao Mar 2”, a sequência da comédia dirigida por Cris D’Amato, que foi vista por mais de dois milhões de pessoas nos cinemas do Brasil e que recebeu o prêmio “Lente de Cristal” no encerramento do 18º Festival de Cinema Brasileiro de Miami, em agosto de 2014.

Em sua segunda parte, o longa terá cenas filmadas no sul da Flórida, o que fará com que os atores passem semanas gravando em Orlando e em Miami. Além dessas duas cidades, o longa será rodado no Texas e no México (Cancún, Riviera Maya e Yucatan).

Em entrevista coletiva, realizada na segunda (9) em São Paulo e acompanhada pelo portal de notícias UOL, Gianecchini comentou o prazer de voltar ao set de uma comédia, depois de emendar trabalhos em drama nos últimos meses. “Como ator, gosto muito de explorar todos os lados. Não é fácil fazer comédia. É um desafio grande para o ator. Gosto muito do drama, mas a gente precisa de um respiro. Tanto é que o cinema brasileiro está nesta onda das comédias”, declarou o ator.

Giovanna ressaltou que o filme é sobre o “poder do agora, de viver o presente e não se preocupar tanto com o passado, o futuro”. A atriz comentou ainda que, assim como os personagens amadureceram na trama, ela, e toda a equipe do filme, também amadureceram ao logo dos dois anos entre a filmagem do primeiro longa, “S.O.S. Mulheres ao Mar”, e o início do segundo filme.

“Se no primeiro os dramas eram os da mulher que busca a felicidade, com a ansiedade que a gente tem na juventude, de querer fazer tudo, trabalhar, encontrar o amor, ter filhos, neste eles mudam um pouco.

“A gente perde um pouco do frescor, mas a força se mantém. Se antes eram as mulheres em busca da felicidade, neste são as mulheres em busca da juventude. Ela acha que está perdida, mas depois descobre que não”, completou Giovanna.

Gianecchini concordou que o amadurecimento dos personagens é um fator importante para o novo filme. “Mulher, seja em que idade for, é muito difícil de entender. Já eu estou na fase dos 40. E é bacana mostrar personagens que já não estão na luta de quando eram mais jovens. Estou muito animado com este filme”, contou.