Giuliani e John Edwards desistem da corrida presidencial

0
612

O ex-prefeito de New York Rudy Giuliani anunciou, na Flórida, que não está mais concorrendo à vaga de candidato à presidente dos Estados Unidos pelo partido Republicano. Quase ao mesmo tempo, um dos principais nomes da disputa pelo lado democrata, o ex-senador John Edwards, também abandonava a corrida presidencial. O anúncio de ambos cristalizou ainda mais que as indicações serão definidas entre John McCain, que venceu a primária da Flórida, e Mitt Romney (republicanos) e entre Barack Obama e Hillary Clinton (democratas). O próximo dia 5 de fevereiro, a chamada super-terça, quando 22 estados vão bater o martelo em relação aos seus indicados, será decisiva.
“John McCain é o candidato mais qualificado para ser o próximo presidente dos EUA”, disse Giuliani, abrindo mão de sua candidatura em favor do amigo de longa data. A decisão do ex-prefeito de NYC não chegou a surpreender, principalmente depois do fraco desempenho das primárias da Flórida e Carolina do Sul, onde Giuliani depositava suas esperanças de reação. Edwards, por sua vez, não anunciou apoio a qualquer um dos candidatos democratas, apesar de ter sido cortejado por ambos. “A participação dele foi muito importante no processo”, disse Hillary. “Seus ideais continuarão vivos na campanha”, acrescentou Obama.