Governo anuncia que pacote econômico está começando a sair do papel

0
616

Presidente Bush acredita que medidas darão contribuição decisiva para economia americana

O presidente dos EUA, George W. Bush, disse que o pacote de estímulo econômico aprovado pelo Congresso fará uma “contribuição positiva” para a economia. Segundo ele, só agora as medidas estão começando a sair do papel, mas mesmo assim ele instigou o Congresso a tornar permanente o corte de impostos promovido no primeiro mandato. De acordo com uma pesquisa divulgada recentemente, a confiança do consumidor norte-americano está no pior nível em quase 16 anos, muito em função dos crescentes aumentos nos preços da gasolina e nos baixos índices de emprego.

Existem, no entanto, outras vozes otimistas. O vice-presidente do Federal Reserve – Fed, Donald Kohn, acredita que a economia do país vai se recuperar no segundo semestre deste ano e crescer em 2009. Da mesma forma, o economista Alan Greenspan, que durante anos comandou o Banco Central americano e foi o todo-poderoso na América, afirmou que a possibilidade de uma recessão severa nos Estados Unidos “caiu consideravelmente” em função dos indicadores dos primeiros quatro meses do ano e da relativa estabilização da economia nas últimas semanas.

Greenspan alerta, porém, que “é cedo para dizer se o pior da crise financeira passou, uma vez que isso dependeria do que acontecer com os preços da moradia”. O economista previu uma queda de mais 10% dos preços de moradia em relação aos níveis de fevereiro, elevando o total do recuo a aproximadamente 25% de baixa. Ao mesmo tempo, o Fundo Monetário Internacional (FMI) ratificou sua previsão de que o país viverá uma “recessão moderada’’ em 2008. A estimativa é que a economia americana cresça menos de 1% em 2008, ante o crescimento global de 3,7%.