Governo lança campanha para tranquilizar imigrantes

0
363

Autoridades públicas de Washington DC vão lançar uma campanha para tranquilizar os imigrantes daquela região e mostrar que eles podem contatar a polícia em caso de emergência. A iniciativa quer evitar novos casos como o do imigrante Jose Sanchez, que foi atacado em um subúrbio da capital americana e morreu sem receber atendimento médico por quase meia hora: as investigações mostraram que pelo menos 150 pessoas passaram pela vítima, mas não tiveram coragem de telefonar para o número 911 com medo de que os policiais perguntassem sobre o status imigratório de quem estava ligando. Sanchez acabou morrendo por complicações de uma cirurgia no cérebro.

Para deflagar a campanha, as autoridades policiais e líderes comunitários vão se reunir com imigrantes, para garantir que a questão imigratória não será levada em conta na hora de receber denúncias. O primeiro encontro já está agendado para o dia 18 de fevereiro, num restaurante na cidade. “Queremos tranquilizar os imigrantes, pois precisamos da ajuda de todos os moradores para combater o crime e ajudar nossa comunidade”, afirmou um policial.