Grafiteiro brasileiro faz sucesso em New York

0
619

Eder Muniz deixou a Bahia e agora leva suas cores para as paredes de prédios em Ithaca, no nordeste dos Estados Unidos

Eder Muniz e uma de suas obrasO grafiteiro Eder Muniz anda espalhando as cores de sua arte pelos muros e paredes da pequena cidade de Ithaca, no interior do estado de New York. As obras do artista têm a essência da Bahia e mostram uma intensidade de cores e formas. A imprensa local da cidade chamou os seus desenhos de “luminosos”. Muniz esboça principalmente o que viu e sentiu no Brasil em seus desenhos, trazendo muita vida animal da floresta e do mar.

Um dos murais pintados por ele na cidade é um desenho de cerca de 40 metros quadrados, na lateral de um supermercado, no bairro de Fall Creek, pintado com a ajuda de três artistas locais. O outro que vem chamando a atenção dos críticos de arte da cidade é o desenho de um sapo que traz um criança nas costas e emerge de um conglomerado de cores estilizadas. Como sua marca registrada são os animais, e algumas estruturas alienígenas.

O artista começou a carreira ainda cedo aos onze anos. Na época, a arte de grafite não era ainda muito conhecida e por isso ele passou primeiro como pichador e depois reconhecido como artista. Depois de pichar a casa de familiares e até o colégio, o artista resolveu participar de grupos de pichadores, e com o tempo o que era uma maneira de transgressão virou arte e levou para a fama.

A apresentação oficial de suas obras que levam o título de The Alma of Nature (A alma da natureza) acontece no próximo dia 4 de outubro com uma visita pelos quatro painéis que ele pintou na cidade e também pelas caixas do projeto 21 Boxes que ele participou.