Green Card nos Estados Unidos por investimento – o visto EB-5

0
636

Visto de investimento é uma das formas usadas pelos estrangeiros para se legalizar no País

Joel Stewart

Muitos brasileiros encontram dificuldades para conseguir um visto de permanência para os Estados Unidos da América por não ter conhecimento dos diferentes tipos de vistos e não dispor de muitas opções. Por isso, o visto EB-5 tem-se tornando muito popular entre os estrangeiros que querem conseguir o visto de permanência.

Basicamente, o EB-5 pode ser concedido a investidores que estejam abrindo um negócio nos Estados Unidos. Há dois tipos de EB-5. Primeiro, o investidor pode abrir um negócio e trabalhar lá dentro, gerenciando a nova empresa. Segundo, o investidor pode investir numa empresa que um outro empresário abriu, somente investindo e sem trabalhar. Este segundo tipo do visto EB-5 é muito usado por pessoas que não pretendem mudar para os EUA no próximo futuro mas que querem que os filhos possam vir estudar ou morar aqui tranquilamente.

Um dos parâmetros é que o negócio deve envolver um investimento de quinhentos mil a um milhão de dólares, dependendo do local, e que o negócio gere dez novos empregos para cidadãos americanos, não incluindo a família do investidor. O alto valor de investimento faz com que seja necessário um estudo detalhado do projeto no qual o investidor deseja aplicar seus recursos. Há várias maneiras de determinar se a empresa seria um investimento seguro. Sempre o contador ou banqueiro do investidor deveria acompanhar o assunto ou o investidor deveria contratar um conselheiro financeiro que determina a viabilidade da nova empresa.

Uma empresa bem ativa nesta área de trabalho é a U.S. Advisors em Tampa que prepara pesquisas financeiras para investidores estrangeiros. Especializada no ramo de investimentos para o EB-5, a empresa fornece notícias, informações recentes, e avaliações de investimentos para pessoas interessadas em solicitar o EB-5. Michael Gibson, presidente da U.S. Advisors, é encarregado da análise financeira dos projetos dos candidatos para gerar o EB-5, e viaja por todo o mundo dando palestras para investidores. Muitos estrangeiros acham que o advogado americano pode escolher ou indicar um investimento, mas, na verdade, o advogado somente pode dar conselho se for jurídico, e não financeiro.

Por isso o advogado indica um terceiro, como a U.S Advisors para que forneça toda ajuda necessária para a escolha do projeto, reduzindo ao mínimo a chance de rejeição do visto. A ajuda proporcionada pela U.S Advisors se tornou ainda mais importante, depois que o EB-5 foi exposto à algumas ações fraudulentas, o que fez o governo americano abrir os olhos para esse tipo de prática. Hoje em dia, aproximadamente 15% de todos investimentos não dão bom resultado, sendo que os investidores não conseguem a residência e/ou perdem todo o dinheiro.

O processo de investir de 500 mil a um milhão de dólares pode acabar tornando-se não só uma forma de conseguir o Green Card, mas também uma grande oportunidade para abrir e ter sucesso no seu negócio próprio. Porém, o investidor tem de se informar bem como funciona o processo EB-5 e tomar decisões baseadas em informações técnicas e racionais.