Grupos propõem que EUA atraiam imigrantes para competir

0
662

Prefeito de Nova York reitera a necessidade de uma reforma imigratória no país

DA REDAÇÃO – Os Estados Unidos devem mudar seu sistema de imigração para atrair os estrangeiros que possam contribuir mais para a economia do país, pois do contrário podem perder terreno frente a outros países, advertiram nesta terça-feira (22) dirigentes políticos e empresariais.

A proposta foi feita em um relatório apresentado por um grupo co-presidido pelo prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, e por uma associação de executivos de empresas.

O sistema de imigração não atende às necessidades econômicas dos Estados Unidos e portanto precisa ser reformado, explicaram a Associação por uma Nova Economia Americana (Partnership for a New American Economy) e a coalizão de dirigentes empresariais Associação pela Cidade de Nova York (Partnership for New York City).

A convocação foi feita na hora em que as autoridades de vários estados endurecem ou tentam endurecer as medidas contra os imigrantes irregulares.

Os grupos recomendaram várias medidas para alcançar o objetivo, como a entrega rápida de vistos permanentes para os imigrantes que tenham estudos avançados em disciplinas como ciência, tecnologia, engenharia e matemática, assim como vistos para estudantes estrangeiros que se preparam em graus superiores em universidades americanas.

Também propuseram que as diversas regiões do país tenham a liberdade de determinar suas próprias necessidades e programas sobre imigração.

“Os Estados Unidos sempre foram um imã para os mais talentosos e os mais trabalhadores do mundo; nosso sucesso foi criado sobre imigrantes que impulsionaram nossas indústrias e geraram novas empresas que hoje se colocam entre as principais companhias do mundo”, declarou Bloomberg em um comunicado sobre a divulgação do relatório.

“Mas estamos perdendo rapidamente nossa vantagem enquanto outros países adotam políticas de imigração mais lúcidas para impulsionar a economia”, disse. “O futuro está em jogo: agora é a hora de reformar o sistema e acolher os trabalhadores que continuarão nosso sucesso como a maior economia do mundo.”

No relatório, os grupos propõem a criação de novos vistos para investidores que procuram um local onde colocar seu dinheiro e para empresários que desejam começar seus negócios.

O relatório reitera a posição que Bloomberg expôs em outras ocasiões para que seja reformado o sistema de imigração.