Guga abandona o tênis e vai deixar saudades

0
765

O maior tenista brasileiro de todos os tempos está aberto a novas possibilidades: voltar a estudar, viajar pelo mundo como um mero turista e formar uma família fazem parte dos planos de Gustavo Kuerten, depois que ele finalmente abandonou as quadras. A derrota para o francês Paul-Henri Mathieu marcou o fim da carreira de Guga, no seu palco preferido: Roland Garros, onde ele ganhou três títulos e solidificou sua posição de nº 1 do ranking mundial entre 2000 e 2001.

“Acho que fechei com chave de ouro. Estou bastante satisfeito e é uma memória que vai ficar por muito tempo. Fica a sensação de dever cumprido”, resumiu o brasileiro. Antes de poder aproveitar os anseios da vida pessoal, ele ainda tem um outro compromisso na França. Ele receberá nova homenagem pelos 80 anos de Roland Garros, no dia da final do torneio, em 8 de junho. Mas, até lá, ele pretende viajar, como mochileiro, por alguns países do velho continente.