Guga entra para o Hall da Fama do tênis

0
499

Gustavo Kuerten torna-se o primeiro tenista brasileiro masculino a alcançar esta honra

DA REDAÇÃO – Esta semana, em São Paulo, foi oficializada a entrada do brasileiro Gustavo Kuerten no Hall da Fama de tênis. Ele torna-se assim o primeiro tenista brasileiro masculino a conseguir esta façanha, ao lado de Maria Esther Buneo.

“Tenho que confessar que durante muitos anos eu não sabia da existência do Hall da Fama, até porque estava muito longe das minhas expectativas. Agora eu sei que é muito importante estar lá, e sei que estarei ao lado de pessoas que eu acompanhei, como Maria Esther”, declarou o tenista.

O ex-número um do mundo mais uma vez fez questão de mencionar o pai, que morreu antes de vê-lo se tornar o principal representante do tênis brasileiro. “Percebi que seria possível, porque na cabeça do meu pai eu poderia chegar tão longe. Então, tenho que agradecer muito por estar neste lugar tão especial e espero ser uma pequena parte da grande história do tênis”.

Além de Guga, nomeado na categoria Jogadores Recentes, outros três nomes tiveram sua entrada no Hall da Fama oficializada: Manuel Orantes (Jogador Master), Mike Davies (Colaborador) e Randy Snow (Tenista Recente Cadeirante, em nomeação póstuma). Outros tenistas e colaboradores ainda serão oficializados no mês que vem, e a expectativa é que o russo Yevgeny Kafelnikov e a norte-americana Jennifer Capriati estejam na lista. A cerimônia de nomeação de todos eles ocorrerá no dia 14 de julho, na sede do Hall da Fama, em Newport, Estados Unidos.

Ao longo da carreira, Guga levantou 20 troféus de simples e oito de duplas, e entre suas principais conquistas estão a Masters Cup de 2000 e o tricampeonado de Roland Garros, em 1997, 2000 e 2001. Com sucessivos problemas físicos, o tenista se aposentou oficialmente em 2008.