Gustavo Kuerten vai abandonar o tênis

0
920

Agora é oficial. O tenista brasileiro Gustavo Kuerten confirmou que 2008 será o último ano em que disputará profissionalmente o esporte. Em entrevista coletiva em São Paulo, ele anunciou suas retiradas das quadras, em função dos problemas físicos que o atormentam há alguns anos.

Guga, de 31 anos, é o único tenista brasileiro a atingir o topo do ranking e foi o principal responsável pela popularização do esporte no país do futebol. Ele quer deixar de jogar tênis após a participação em Roland Garros, na França, em maio, torneio que ele conquistou três vezes (1997, 2000 e 2001). “Tenho muita gana de competir e até tentei prorrogar ao máximo minha participação, mas meu limite chegou em função da parte física”, afirmou o tenista.

Antes da aposentadoria, na França, Guga deve participar ainda de seis torneios: o Aberto do Brasil (Costa do Sauípe, Bahia), o Aberto de Santa Catarina e os Masters Series de Miami, Monte Carlo, Roma e Hamburgo. Mas o desejo do brasileiro só será concretizado com o convite da Associação de Tênis Profissional, já que sua posição no ranking não garante a participação. Outra possibilidade é que Guga integre a equipe brasileira nas Olimpíadas de Pequim, na China, mas isso também depende de um convite da Federação Internacional de Tênis.

Em sua carreira, Gustavo Kuerten ganhou 20 títulos individuais em grandes torneios do mundo e oito em duplas, além de ter vencido 358 partidas. Desde 2002 ele vem tendo problemas com o quadril e se submeteu a três cirurgias no local.