Herói dos ataques de 11 de setembro vive em Pompano Beach

0
495

Policial Tomothy Norris (foto) salvou 40 pessoas e será homenageado hoje, no sexto aniversário dos atos terroristas

O morador de Pompano Beach, Timothy Norris, na época comandante de polícia da Autoridade Portuária de New York & New Jersey, ainda se lembra da correria na cidade. Ele mesmo ficou preso perto do prédio 5 do World Trade Center, nos escombros. A poeira cobria tudo no lobby. Ele podia sentir o cheiro do fogo queimando tudo.

Um dos primeiros a chegar ao local do acidente, Norris resgatou cerca de 40 civis através da janela quebrada de uma livraria. Depois de deixá-los a salvo, ele respirou fundo e voltou ao trabalho.

Hoje, no sexto aniversário dos ataques terroristas, Norris e outros empregados do governo trabalhando no combate ao terrorismo serão homenageados no Dolphin Stadium, em Miami Gardens, antes do jogo do Florida Marlins com o Washington Nationals.

Norris, que atualmente é diretor assistente de segurança federal para a Administração de Segurança de Transporte no Aeroporto Internacional Fort Lauderdale-Hollywood, receberá uma camisa como o nome “Port Authority” e o número 37 — o número de seus colegas da Autoridade Portuária que não sobreviveram. Ele disse que os que morreram foram os verdadeiros heróis. “Eles sabiam exatamente quais eram os perigos, e nenhum deles fugiu”, declarou.