Hilda Solis mantém a chama da reforma imigratória

0
299

A secretária Hilda Solís, em uma palestra realizada em Los Angeles na semana passada, reafirmou a necessidade de manter e ampliar o diálogo sobre a reforma imigratória. Ao mesmo tempo, defendeu o presidente Barack Obama por ter deportado mais pessoas do que seus antecessores recentes.

Como disse o presidente em El Paso, está-se trabalhando duro para tornar a fronteira mais segura, porque este tema é o que une a oposição. Vocês podem pensar que isto não é relevante, mas para muita gente é, justificou Solis. O problema é comoo apresentar aos parlamentares republicanos este recorde como uma prova de que agora, sim, devem apoiar a reforma imigratória.

A secretária, que nasceu e cresceu em Los Angeles e é filha de pais imigrantes do México e da Nicarágua, reconheceu que a atual situação é frustrante e salientou que o ambiente de hoje para a reforma é mais difícil do que antes e aqueles que são a favor devem dialogar com toda a nação para persuadir os recalcitrantes.

A respeito de uma atuação emanada do Poder Executivo para, por exemplo, deter algumas deportações utilizando uma ordem executiva, Solis respondeu que isto poderia alienar os que não estão conosco. E o presidente quer um debate sobre como fazer uma reforma total, que dure. Acredito que o debate deve envolver todos, afirmou Solís.