Hispânica demitida no Novo México por ajudar latinos

0
573

Um grupo de defesa legal dos latinos interpôs uma ação em nome de uma mulher do Novo México que disse ter sido despedida após queixar-se da discriminação contra os imigrantes latinos que pedem carteiras de motorista.

O Fundo Mexicano-Americano para a Defesa Legal e a Educação (MALDEF, na sigla em inglês) anunciou a ação esta quinta-feira em Albuquerque e dise que a mulher, Laura Montaño, foi demitida do Departamento de Veículos de Motor do estado quando apresentou objeções a um esforço destinado a impedir que os imigrantes não autorizados a estar no país obtenham carteiras de motorista.

O Novo México é um dos três estados do país que permitem a estes imigrantes obter as carteiras.

De acordo com a ação, Montaño recebeu a ordem de não falar em espanhol com os estrangeiros aos quais instruía para trazer novas exigências de comprovação de residência com a finalidade de conservar suas carteiras de motorista.