Hondurenho condenado por transporte de ilegais

0
523

Um juiz condenou a 42 meses de prisão um hondurenho pelo crime de transportar mais de 100 imigrantes indocumentados, informou esta quinta-feira a Promotoria Federal do distrito central da Flórida, com sede em Tampa.

Rigoberto Bautista-Villanueva, de 38 anos e residente permanente dos Estados Unidos, recebeu a sentença do juiz James Whittemore, que inclui cinco anos de liberdade condicional.

O promotor federal Robert E. O’ Neill disse que, segundo documentos judiciais e depoimentos em juizo contra Bautista-Villanueva, o acusado conspirou com outras pessoas no Texas para transportar os imigrantes entre agosto de 2010 e fevereiro de 2011.
Segundo as provas, o homem alugou varios automóveis e dirigiu mais de 38 mil milhas durante este período para transportar os imigrantes para os Estados Unidos, destacou o promotor em um comunicado.

Bautista-Villanueva, que também enfrentou duas acusações pelo transporte de indocumentados, transportou um dos imigrantes para Tampa, na costa oeste da Flórida, e foi capturado pela Patrulha Fronteiriça quando levava outros três para Jacksonville, no norte do estado.

Um júri o declarou culpado em novembro passado e, após cumprir a pena, perderá a residência americana e será deportado para Honduras, disse o promotor.