ICE realiza operações eletrônicas contra indocumentados

0
336

Serviço de imigração está fiscalizando contratos de trabalho nas grandes redes de fast-food

Esqueça as grandes operações do ICE, em que a agência mobiliza centenas de agentes e cerca uma fábrica em busca de indocumentados trabalhando irregularmente. O serviço de imigração está usando os computadores para descobrir quem tem autorização de emprego e decidiu começar a triagem pelas grandes redes de fast-food dos Estados Unidos.

imigracaoA primeira a sofrer a limpa foi o restaurante de comida mexicana Chipotle, que demitiu centenas de funcionários indocumentados de 60 de suas lojas no estado da Virgínia e na capital, Washington DC, se antecipando à fiscalização do governo. O problema se estendeu aos empregados de Minnesota, que também foram dispensados porque não tinham regularizados os seus contratos de trabalho, em especial com relação ao formulário I-9.

O ICE avisou à diretoria do Chipotle da operação eletrônica. A área de recursos humanos do restaurante fica em Denver (Colorado) e os próprios diretores ficaram suspeitos com o número de documentos pendentes nos contratos de trabalho dos funcionários.”A iniciativa serviu para abrir os olhos da empresa sobre a possibilidade de utilização de mão-de-obra indocumentada”, disse o porta-voz do Chipotle, Chris Arnold.

Disposto a encontrar trabalhadores em situação irregular, o governo americano criou uma nova unidade no ICE justamente para analisar os contratos junto às grandes emrpesas. O objetivo é incrementar o uso do E-Verify, sistema que detecta a existência de indocumentados. Em 2010 foram mais de 2.746 investigações através desse método,