Igrejas pregam benefícios do Dream Act

0
356

Em um novo esforço para convencer o Congresso sobre a necessidade de debater e aprovar o projeto de lei Dream Act, políticos e religiosos se uniram para que igrejas de diferentes denominações realizem um ‘Sabbath’ e preguem os benefícios de uma iniciativa que permitiria legalizar pelo menos um milhão de indocumentados.

A campanha Dream Act Sabbath será realizada entre 18 de setembro e 9 de outubro. O projeto, apresentado pela primeira vez no Legislativo em 2001, não foi aprovado por falta de um acordo bipartidário anterior. O propósito da campanha é gerar apoio a nível de opinião pública e desta maneira mudar a visão no Congresso a favor da iniciativa, disse José Parra, porta-voz do gabinete do senador Harry Reid (Nevada), líder da maioria democrata. Procura contra-argumentar as opiniões contrárias ao projeto e mostrar os benefícios para o país, acrescentou.

O gabinete de Reid disse que a nova campanha busca recrutar igrejas de diferentes denominações, sinagogas e mesquitas, para que durante três semanas sejam difundidos os benefícios incluídos nos projeto.

O deputado Lamar Smith (republicano do Texas), que preside o Comitê Judiciário da Câmara Federal, disse em uma carta publicada no USA Today que o Dream Act impediria os americanos desempregados de conseguir trabalho pois milhões de imigrantes indocumentados estariam em condições de trabalhar nos Estados Unidos.

O Dream Act também é um convite à fraude, acrescentou Smith. Muitos imigrantes ilegais de maneira fraudulenta dirão terem vindo aos Estados Unidos quando crianças, e assim seriam legalizados cerca de dois milhões de indocumentados.

A Igreja Episcopal apoia a Lei Dream Act”, disse Alex Baumgarten, diretor da Igreja Episcopal de Relações Governamentais e Analista de Política Internacional. Isto ajudaria milhões de jovens que vieram para nosso país como indocumentados a obter o status jurídico, e com isto a concessão de incalculáveis oportunidades em seu caminho para se converterem e cidadãos, afirmou.

A Campanha Dream Act é coordenada pela Coalizão Inter-religiosa de Imigração e convidou jovens de todo o país para assistirem aos cultos de adoração entre 18 de setembro e 9 de outubro para compartilhar suas histórias.