Imigração em Dia – As dúvidas dos leitores

0
472

Esta semana, o advogado Ludo Gardini, com escritório no Pompano City Centre, telefone (305) 514-0707, responde às perguntas sobre imigração

Moro no Brasil e meu namorado nos Estados Unidos e queremos nos casar. Ele é cidadão americano. Gostaria de saber qual a documentação necessária e mais ou menos o tempo que demora para eu conseguir ir para os Estados Unidos depois de casada.
`GARDINI` Minha sugestão é que você venha para os EUA com visto de noiva e não por casamento. Com visto de noiva levará metade do tempo, que será entre cinco a seis meses.

Gostaria de saber se com o meu passaporte italiano é possivel conseguir o green card com facilidade se eu investir qualquer valor ou comprar alguma empresa pequena nos Estados Unidos. Já ouvi muito sobre isso mas não encontro nada mais sólido sobre o assunto.
`GARDINI` Não, não é possível conseguir o green card com facilidade. A única vantagem que você teria com um passaporte italiano e aplicar para vistos de comerciantes E-1 ou investidores E-2, mas o processo de green card é um processo separado e mais complicado.

Sou advogada no Brasil desde 2001, com experiência nas áreas cível, família e sucessões e trabalhista. Tenho efetuado pesquisas sobre a atuação de advogados brasileiros nos EUA, contudo ao meu questionamento não encontrei resposta, posto isto, se possível gostaria que me ajudasse com o que segue: 1) é possível um advogado brasileiro atuar nos EUA em atendimento exclusivo a brasileiros em questões jurídicas pendentes no Brasil, mediante a abertura de escritório? Explico que a atuação será exclusiva sobre questões jurídicas no território brasileiro, sem o ingresso com demandas nos EUA.
`GARDINI` Seria possível fazer um serviço de consultoria e não exercer advocacia a menos que você faça um curso como um LLM e tire a licensa nos EUA. A pessoa como advogada licensiada no Brasil poderá então prestar serviços de consultoria para clientes Brasileiros com referência a legislação Brasileira

Clique aqui e envie sua dúvida de imigração