Imigrantes sofrem com a falta de líder carismático

0
478

Um dos problemas da luta por uma reforma imigratória nos Estados Unidos é a ausência de um destacado líder de preferência de origem hispânica que defenda a causa, assim como Martin Luther King atuou em prol do movimento negro. É difícil pensar num nome que represente esta comunidade de mais de 10 milhões de pessoas, analisa o articulista John Saunders, do Los Angeles Times, referindo-se aos indocumentados.

Com relação aos latinos especificamente, a situação ainda é mais grave, pois a maior minoria não possui um porta-voz. Nem mesmo os latinos conseguem identificar um líder da comunidade, que dirá os americanos, argumentou Jesse Washington.