Impulso para pequenas empresas decolarem

0
714

Seminário em Deerfield Beach traz deputado federal Allen West, do Comitê de Pequenas Empresas da Câmara de Deputados, e reúne especialistas e empresários

Ferramentas Inovadoras para Pequenas Empresas foi o nome do seminário realizado nesta quarta-feira de manhã, 8 de junho, no prédio da FAU Research, em Deerfield Beach, que reuniu vários interessados em saber como usar as ferramentas para melhorar seus negócios.

Andrew Duffel, presidente e CEO da Florida Atlantic Research & Development Authority, recepcionou os palestrantes e os participantes do seminário, aberto com a palestra de Steven Sponder, fundador e CEO da VSplendid Nutritionals Inc., que fabrica uma vitamina em pó inodora recém-lançada no mercado. Sponder explicou que sua empresa começou dentro da incubadora de negócios da FAU, e partiu para voo próprio após ter conseguido um parceiro investidor no último semestre do ano passado. No segundo semestre deste ano, a companhia já produziu 10 milhões de pacotes de VSplendid em pó.

Incubadora é apenas uma das opções para empresários que têm ideia mas não possuem capital suficiente para efetuar o investimento necessário para a empresa decolar. Por isto, há entidades que dão suporte às atividades dos pequenos empresários que não dispõem de uma grande infraestrutura.

Maria Gutierrez, do Export/Import Bank of US, enfatizou a importância de contar com uma instituição que garante o financiamento e as exportações dos produtos americanos para outros países. Além disto, providencia o seguro para crédito de exportação que minimiza bastante os riscos. A carta de crédito, por exemplo, um instrumento bastante usado em operações internacionais, pode ser cancelada a qualquer momento deixando o exportador sem nenhum amparo.

Portanto, ao utilizar o seguro, o empresário tem seus riscos cobertos em 95%, segundo Gutierrez, que incentiva os pequenos empresários a tomar estas precauções antes para não se lamentar depois. Ao contrário de que muita gente pode pensar, ela afirmou que nenhum negócio é tão pequeno que não mereça ser coberto. Por sinal, o Export/Import Bank of US tem nos pequenos empresários seus principais clientes, uma vez que eles respondem por 80% das operações da instituição.

Assessoria do Departamento de Comércio

O US Commercial Service é uma divisão do Departamento de Comércio dos Estados Unidos, dedicado exatamente em prestar assessoria às empresas americanas que desejam exportar. Afinal, 95% dos clientes estão fora dos EUA e US$ 1 bilhão em bens e serviços representam cerca de 5 mil novos empregos, salientou Kathryn Dye, especialista em Comércio Internacional.

Segundo ela, a estrutura oferecida pelo US Commercial Service é bastante útil para os empresários, sobretudo para os pequenos e médios. A equipe de especialistas inclui profissionais de Marketing que conhecem as idiossincrasias dos mercados, o que ajuda a diminuir os riscos de fracasso do negócio e evita colocar no mercado produtos incompatíveis com a cultura local, por exemplo.

Como ficam nas embaixadas dos EUA espalhadas por todo o mundo e, portanto, vivem no país, identificando o que pode ou não ser benéfico para a colocação de determinado produto no mercado, os profissionais de Marketing contribuem com subsídios valiosos para o sucesso das exportações. A equipe multidisciplinar inclui, ainda, advogados que conhecem as leis locais, economistas que traçam um panorama do ambiente econômico local, contadores e tributaristas entre outros.

O seminário também apresentou palestras de especialistas em ferramentas tributárias e tecnológicas que podem ajudar a incrementar os negócios, bem como a arte de atrair, treinar e retreinar os funcionários, com o objetivo de maximizar sua produtividade.

O encontro foi encerrado com a palestra do deputado Allen West, aqui do sul da Flórida, que integra o Comitê de Pequenas Empresas da Câmara de Deputados. Ele destacou a importância deste segmento na recuperação econômica do país, uma vez que as pequenas e médias empresas é que impulsionam o progresso.