Índice de abstenção foi alto em todo o País e Exterior

0
511

O índice de abstenção no segundo turno em todo o País e no Exterior foi o maior da história: 22%, o que representa mais de 29 milhões de eleitores que não compareceram às urnas. Com relação aos emigrantes, o percentual foi ainda maior e cerca de 56% dos brasileiros que moram fora do Brasil não cumpriram o dever cívico. Em Miami, somente pouco mais de quatro mil brasileiros dos dez mil cadastrados para votar na região compareceram à seção eleitoral.

Na Flórida, mais uma vez, José Serra foi o campeão de votos: 3.340 contra 692 de Dilma Roussef. Aliás, se contabilizados apenas a opinião dos brasileiros no exterior, o candidato do PSDB seria eleito com mais de 59% dos votos válidos, enquanto Dilma obteve apenas 40,8%.

No maior colégio eleitoral fora do Brasil, em New York, Serra obteve mais de 70% dos votos válidos. Em Boston, onde existe a maior representatividade brasileira nos Estados Unidos, ele também foi o preferido, bem como em Tóquio (Japão) e Pequim (China). Dilma levou a melhor em várias cidades europeias, como Lisboa (Portugal) e Paris (França).