Ingleses reabrem o caso Madeleine

0
451

Menina desapareceu em 2007 e o inquérito já havia sido suspenso

A pedido do próprio primeiro-ministro da Inglaterra, David Cameron, será reaberto o caso Madeleine a menina inglesa que, aos quatro anos, desapareceu em Portugal durante as férias, em 2007. Na ocasião, o desaparecimento estampou as primeiras páginas de jornais de todo o mundo e, pelo visto, volta com força total pois o governo determinou que pelo menos 30 detetives da polícia metropolitana de Londres, a Scotland Yard, serão destacados para a retomada da investigação.

A decisão do premier britânico foi tomada, de acordo com a imprensa, porque ele ficou sensibilizado com uma carta aberta enviada aos pais da menina, Kate e Gerry McCann. Todos os documentos relativos ao caso serão tirados das gavetas para que os investigadores de elite analisem todas os indícios novamente e a medida vai custar milhões de libras aos cofres públicos. O inquérito foi oficialmente suspenso em julho de 2008 pela polícia portuguesa.Coincidência ou não, a mãe de Madeleine acaba de lançar um livro para arrecadar fundos e lembrar o que seria o oitavo anivérsario da filha. Na obra, Kate conta a sua versão dos fatos, inclusive do drama vivido há poucos anos, quando chegou a ser considerada suspeita de ter matado a própria filha e escondido o corpo das autoridades.