iPhone 6 e 6 plus no Brasil são os mais caros do mundo

0
540

Os novos iPhones 6 e 6 Plus começam a ser vendidos no Brasil, e o consumidor brasileiro deve se preparar para pagar um preço salgado pelos gadgets da Apple. Os telefones celulares tem, no país, o preço mais alto do mundo. O valor, mostra um apontamento elaborado pelo site G1, chega a ser 50% mais alto do que a média mundial. Enquanto o preço médio cobrado no mundo para o iPhone 6 é de $ 826 e, para o iPhone 6 Plus, de $ 948, no Brasil, os valores praticados são 50% e 47% maiores, respectivamente. Ou: $ 1.242 e $ 1.397 (R$ 3.2 mil e R$ 3.6 mil, respectivamente).

Os preços brasileiros são, por exemplo, mais do que o dobro dos cobrados no Japão. No país asiático, que sofre com deflação (a queda dos preços), os aparelhos custam $587 e $690. Estados Unidos e Canadá completam o top 3 dos países mais baratos para quem quer um iPhone. Nos países, os aparelhos custam pouco mais da metade do cobrado no Brasil.

Não é novidade o Brasil ser o lar do iPhone mais caro do mundo. Isso já ocorreu, por exemplo, com o 5s, que chegou ao país em novembro de 2013. O Brasil é também o lugar em que a Apple vende iPads mini pelo maior preço.

Questionada pela reportagem do G1, a Apple informou esses aparelhos estão sujeitos a taxas alfandegárias inevitáveis. A Apple afirma se esforçar bastante para que os consumidores tenham acesso aos melhores preços e condições de compra. A solução para os altos preços, acrescenta a empresa, são as parcerias com operadoras de telefonia, que comercializam os dispositivos por preços menores mediante a contratação de pacotes de dados.