Ir a Inglaterra para estudar ou negócios vai ficar mais difícil

0
393

Da Redação com BBC Brasil – A Grã-Bretanha estaria em vias de endurecer as regras de concessão de vistos para brasileiros. A informação pegou os brasileiros, principalmente os que vão a Inglaterra a negócios e estudantes de surpresa. De acordo com a imprensa local britânica, a ministra do Interior britânica, Theresa May, deve propor nos próximos dias o fim ao acordo atualmente em vigor que permite a brasileiros permanecer até seis meses na Grã-Bretanha sem visto.

O plano de Theresa May coloca a Grã-Bretanha na contramão de medidas adotadas por outros países, como os Estados Unidos e a Austrália, que estariam afrouxando restrições de vistos aos brasileiros a fim de estimular o turismo e os negócios.

Segundo a mídia britânica, May quer coibir a entrada de imigrantes ilegais brasileiros na Grã-Bretanha, mas a proposta da ministra do Interior contaria com a oposição de outros ministros do governo, que temem que, se adotada, poderia abalar as relações britânicas com o Brasil, que vem sendo visto pelo premiê David Cameron como país-chave em termos de relações comerciais com a Grã-Bretanha.

Entre os que se opõem à possível medida estariam o ministro de Relações Exteriores britânico, William Hague, e o ministro das Finanças, George Osborne. Autoridades afirmaram publicamente que May peca por uma postura ‘’mão pesada’’ pela imposição de vistos e que ela mostrou ‘’não entender’’ a repercussão para o comércio com as nações do bloco Brics (formado pela Rússia, Índia, Brasil, China e África do Sul).

O jornal diz que dados de 2011 do Ministério do Interior colocam o Brasil no quinto lugar da lista dos dez países que mais oferecem imigrantes ilegais para a Grã-Bretanha; cerca de dois mil brasileiros são extraditados da Grã-Bretanha anualmente. Por este motivo, a ministra quer jogar mais duro com os imigrantes indocumentados.