ISIS assume controle de cidade histórica na Síria

0
819

Com conquista, grupo jihadista administra metade do território do país

Famosas sepulturas em Palmira, cidade dominada pelo ISIS
Famosas sepulturas em Palmira, cidade dominada pelo ISIS

DA REDAÇÃO (com Agências) – O grupo Estado Islâmico assumiu nesta quinta-feira (21) o controle total da cidade síria de Palmira, declarada patrimônio da humanidade, e agora o grupo jihadista administra metade do território do país.

A ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) e combatentes na região afirmaram à AFP que as tropas do regime sírio abandonaram suas posições nas proximidades da cidade, que fica no deserto.

“Os combatentes do ISIS estão em todos os lados de Tadmor (nome árabe de Palmira) e perto do sítio arqueológico”, ao sudoeste da cidade, afirmou à AFP Rami Abdel Rahman, diretor do OSDH.

“As tropas do regime caíram e se retiraram de todas os postos sem oferecer resistência”, disse Mohamad Hasan al-Homsi, militante de Palmira.

Após oito dias de combates, o grupo reivindicou no Twitter a captura total da cidade e anunciou que as forças do regime “fugiram, deixando para trás um grande número de mortos em suas fileiras”.

De acordo com o OSDH, as tropas do governo sírio abandonaram as posições dentro e na periferia da cidade. Os militares deixaram toda a Badiya (deserto sírio), o aeroporto militar e a prisão, onde os jihadistas entraram durante a noite.

“A maioria seguiu para a cidade de Homs”, capital da província central de mesmo nome, da qual Palmira faz parte, segundo Abdel Rahman.
Muitos moradores também fugiram para Homs, mas alguns optaram por permanecer em suas casas.

Para a Unesco, a destruição do sítio arqueológico de Palmira, seria uma “enorme perda para a humanidade”, alertou a diretora da organização.

“Palmira é um extraordinário patrimônio da humanidade no deserto e qualquer destruição ocorrida em Palmira seria não apenas um crime de guerra, mas também uma enorme perda para a humanidade”, disse Irina Bokova em um vídeo publicado pela organização, que tem sede em Paris.