Jade Matarazzo expõe no Morikami Museum and Japanese Gardens

0
1514

Tanabata: O Festival das Estrela – A Visão do Tanabata em São Paulo, da artista Jade Matarazzo

Jade
A fotógrafa e artista Jade Matarazzo expõe suas fotografias no Morikami Museum and Japanese Gardens, em Delray

Duas exposições podem ser apreciadas no Morikami Museum and Japanese Gardens, bem na divisa entre as cidades de Delray Beach e Boca Raton, no condado de Palm Beach. Ambas valem a pena ser vistas, e continuam expostas até 15 de setembro.

Uma delas é “Wood Be Kindred Spirits”, formada por uma coleção de arte em madeira de Bob Brokop, chamada de kokeshi. É a maior exposição do gênero nos Estados Unidos. A coleção mostra esculturas em madeira de figuras humanas caracterizadas por artesãos do norte do Japão.

A outra chama-se Tanabata, conhecido como Festival das Estrelas. Trata-se de uma coletânea de fotos de Jade Matarazzo, fotógrafa brasileira radicada no sul da Flórida. A festa é celebrada no Japão há mais de um milênio e no Brasil há cerca de 30 anos. A maior e a mais popular festividade tradicional japonesa relata a lenda de uma princesa “Orihime” e seu amado “Hikoboshi”, com o casal encontrando-se apenas uma vez por ano, no 7º dia do 7º mês. Este ano, o Morikami celebra esta lenda com Tanabata: O Festival das Estrelas – A Visão do Tanabata em São Paulo, Brasil.

O coquetel de abertura das exposições foi realizado na noite de terça-feira, 4 de junho, no próprio local e contou com a presença de Jade e de várias autoridades como o cônsul geral do Brasil em Miami, Hélio Vitor Ramos Filho, sua esposa Milma e o filho, o vice-cônsul do Japão em Miami, Masahiro Ogino, além de Stella M. Holmes, e da curadora das mostras Susanna Brooks.

A exibição de Jade registrou as faces e a festa do festival Tanabata na cidade de São Paulo, na Praça da Liberdade, região que acolhe a maior comunidade japonesa fora do Japão. As fotografias revelam a integração de fotojornalismo, com a mistura de cores e o desfoque intencional, a marca registrada da artista, fotos que, tirando o objeto principal, tem o criterioso desfocado. “A exposição é um convite a uma viagem com experiências de contrastes entre a tradição e a nova geração. Contrastes das culturas, que nas suas diferenças se completam. Contrastes das cores e das texturas nas riqueza dos detalhes”, declarou a artista.

JadeA mostra Tanabata foi inspirada no documentário “West Encounters East”, criado pela historiadora de arte e produtora executiva Stella M. Holmes. West Encounters East mostra a história de várias gerações de artistas imigrantes nipobrasileiros e a fusão da identidade japonesa com a cultura brasileira através das suas pinturas, esculturas, fotografias e cerâmicas. O documentário está sendo exibido na WPBT2 em mais de 220 emissoras afiliadas à rede pública americana.

O Morikami Museum and Japanese Gardens, que inicialmente era uma área agrícola, em 1977 tornou-se o Morikami Museum, um centro das artes e da cultura japonesa no sul da Flórida com seus mais diferentes jardins japoneses. Os visitantes são surpreendidos ao descobrir uma conexão de mais de cem anos entre Estados Unidos e Japão. O Morikami Museum and Japanese Gardens está localizado no 4000 Morikami Park Road em Delray Beach, Flórida, e funciona de terça-feira a domingo das 10am às 5pm. Para mais informações, visite o site www.morikami.org ou ligue para (561)495-0233.

A fotógrafa do AcheiUSA, Ronira Fruhstuck, esteve no Morikami Museum e registrou a presença de vários convidados que compareceram à abertura da exposição de Jade. Confira abaixo alguns cliques.

Jade
Denise Moura, Adriana Sabino, Maria Inês Dal Borgo e Camila Matarazzo

Jade
Embaixador Hélio Vitor Ramos Filho, Jade Matarazzo, Stella Home e vice-cônsul do Japão em Miami, Masahiro Ogino

Jade
Neusa Farache, Viviane Spinelli e Jade Matarazzo

Jade
Elita Freitas, Euci Neves, Gabriela Freitas e Adriana Assera

Jade
Stella M. Holmes        Jade Matarazzo e Adriana Sabino

Jade
Maria do Carmo Fulfaro e Jade Matarazzo