John Bolton deixa cargo de embaixador dos EUA na ONU

0
694

Diante da oposição de importantes senadores dos Estados Unidos, o embaixador do país na Organização das Nações Unidas (ONU), John Bolton, decidiu deixar o cargo dentro de alguns dias, anunciou a Casa Branca, nesta segunda-feira.

A porta-voz Dana Perino disse que o presidente George W. Bush relutantemente aceitou a decisão de Bolton de se afastar do posto na ONU quando a atual sessão do Congresso terminar, provavelmente no fim da semana.

Bush ignorou o Senado em agosto de 2005 ao indicar Bolton para o cargo, durante o recesso dos parlamentares, evitando o processo de confirmação e irritando os senadores preocupados por Bolton ter temperamento forte e intimidar analistas de inteligência para sustentar a visão mais agressiva do Departamento de Estado.

Bolton e autoridades da Casa Branca avaliaram que ele seria confirmado se o plenário do Senado tivesse a chance de votar sobre a sua nomeação. Mas alguns senadores do Comitê de Relações Internacionais se opuseram a ele.

“Apesar do apoio de uma forte maioria bipartidária de senadores, a confirmação do embaixador Bolton foi bloqueada por obstrucionistas democratas e esse é um claro exemplo do colapso do processo de confirmação no Senado”, disse Perino.

Bush planejava se reunir com Bolton no Salão Oval na tarde desta segunda-feira.