Jovem deputado republicano pede reforma imigratória

0
747

O congressista recém-eleito Carlos Curbelo, da Flórida, planeja fazer da reforma migratória ampla um dos temas principais de sua plataforma política. O legislador, descendente de imigrantes cubanos, que em janeiro tornou-se congressista, lançou um comitê de ação política, ou PAC, batizado de “Que País!”

O PAC de Curbelo visa angariar fundos para os candidatos republicanos que apoiam uma abordagem ampla na imigração, incluindo o aumento da segurança nas fronteiras e a possibilidade de legalização dos imigrantes indocumentados que cumprirem determinados critérios.

Curbelo diz defender a abordagem equilibrada da temática migratória; a que focaliza no cumprimento das leis e ao mesmo tempo oferece algum alívio aos imigrantes indocumentados; embora seu partido tenda para uma postura mais radical com relação ao assunto.

Além disso, muitos deles consideram que qualquer benefício aos imigrantes indocumentados equivale a uma anistia aos burladores da lei. Obama culpou a falta de ação do Congresso na reforma migratória como justificativa para a implantação de algumas ordens de forma unilateral.

Josh Schwerin, secretário nacional de imprensa do Comitê Democrático de Campanha do Congresso, duvidou dos esforços de Curbelo e questionou a sinceridade de suas alegações em ser moderado com relação à imigração. “Quando Carlos Curbelo votou a favor de John Boehner para porta-voz da Câmara dos Deputados ele abandonou qualquer pretensão de realmente tentar aprovar qualquer reforma migratória no Congresso”, disse Schwerin ao Fox Latino. “Curbelo apoia essa liderança republicana que não somente bloqueou a reforma migratória, mas fez da deportação dos DREAMers prioridade principal”.

Os democratas no Senado prometeram bloquear qualquer proposta de anular as ordens executivas assinadas por Obama.