Jovem inventa doença para arrecadar dinheiro no Piauí

0
1086

Rapaz de 20 anos arrecadou R$ 23 mil após se dizer portador de leucemia; ‘me arrependo’ disse ele a TV

Zacarias Gondim está sendo investigado
Zacarias Gondim está sendo investigado

DA REDAÇÃO (com G1) – Um rapaz de 20 anos que montou uma campanha na internet pedindo dinheiro para custear o tratamento de uma leucemia reconheceu que criou uma farsa e se disse “arrependido” a um canal de TV. O caso aconteceu no Piauí e ganhou repercussão no Brasil nesta semana.

O skatista Zacarias Gondim disse em entrevista que se arrepende de mentir ter leucemia para arrecadar dinheiro. O jovem falou, na segunda-feira (23), sobre os motivos que o levaram a falsificar o laudo médico e afirmou que doaria parte dos R$ 23 mil para a caridade.

Gondim afirmou que está doente, informação não confirmada pela Polícia Civil e negada pelos médicos que o atenderam no sábado (21) no Hospital de Urgência de Teresina (HUT), e que esse foi um dos motivos de ele ter idealizado a campanha. “Eu me arrependo de ter feito os dois `a falsificação do documento e a campanha por doações`, pois o estado que me encontro hoje é crítico. Esperava conquistar todo mundo para estar do meu lado, vencer esta luta e caso sobrasse dinheiro iria doar para uma instituição carente de combate ao câncer”, disse.

A campanha criada pelo jovem incluía um vídeo pedindo doações para tratamento em São Paulo e imagem do falso laudo médico.
Segundo Zacarias Gondim, todo o dinheiro recebido foi apreendido. “Não usufruí dele, apenas de R$ 50 foram utilizados para transporte e alimentação. Os R$ 4.950 que eu saquei foi apenas para passar a uma conta poupança (sic).”

O jovem contou que sentiu-se mal e recebeu um pré-diagnóstico da doença. Mas a leucemia não foi confirmada por tomografia e exames laboratoriais feitos no HUT no sábado (21).

O delegado Carlos André informou que o inquérito policial ainda está aberto e ouvirá as testemunhas. Ele disse também que Zacarias não ficou preso pelos crimes de estelionato e falsificação de documento público por não ter sido pego em flagrante.