Lei em Minnesota quer acabar com roubo de smartphones

0
747

Mudança na legislação pede “botão da morte” em celulares

DA REDAÇÃO COM ESTADÃO – O governador do estado americano de Minnesota assinou na útima semana uma lei que cria um “botão da morte” em smartphones que irá inutilizar o aparelho em caso de roubo.

De acordo com o texto da nova norma, todos os smartphones vendidos no estado deverão conter o botão que poderá desativar permanentemente o aparelho de maneira remota após um roubo ou furto, além de deletar para sempre os dados presentes no dispositivo.

O objetivo é tornar o furto de celulares um crime menos lucrativo. “Com o botão da morte, você tira o incentivo dos bandidos de roubar tais coisas”, declarou o deputado estadual Joe Atkins à rede americana NBC. Aprovada, a medida começará a ter efeito a partir de julho de 2015.

De acordo com um estudo da Universidade de Creighton, uma medida desse porte pode fazer com que consumidores gastem $ 2,5 bilhões a menos por ano. Estatísticas do governo norte-americano dizem ainda que um entre cada três roubos no país envolvem um aparelho celular.

Entretanto, a medida pode desagradar as operadoras e as empresas que vendem seguros para celulares, que podem perder com isso uma fonte de lucro. Além disso, para as fabricantes de celular, seria pouco efetivo implementar a função em apenas um Estado dos EUA, de maneira que no mínimo todos os celulares vendidos no território norte-americano provavelmente terão a opção. As indústrias alegam que a lei ainda é pouco efetiva, por causa da existência de programas como o FindMyiPhone e o Android Device Manager.

Outro problema possível é o de que ele limitaria a maneira como celulares já usados pelos clientes poderiam ser revendidos para as fabricantes e operadoras, uma tática de mercado bastante comum nos EUA (a Microsoft, por exemplo, vive oferecendo $ 100 em troca de aparelhos da Apple).