‘Lost in Detention’: O documentário do imigrante

0
473

Encontro serviu para a comunidade brasileira assistira ao filme e debater o tema da imigração

Por Kleber Serrano

Um poderoso documentário foi exibido, nesta terça-feira, 18 de outubro, no canal 02 PBS, relatando a situação dramática vivida por famílias que tiveram membros diretos detidos pela imigração e foram deportados.

O documentário mostrou situações reais, onde famílias ficaram sem um dos seus genitores, e os filhos sofrendo pela separação por parte das autoridades de imigração. Num dos relatos, a justiça não deu importância ao fato de que os filhos nasceram aqui e que não poderiam separar-se sua mãe. Brutalmente separada, o pai passou a ser pai e mãe, tentando desesperadamente suprir a falta emocional da figura materna dentro do lar.

Em todos os estados, sempre há alguma organização que luta em favor dos direitos dos imigrantes, direito de ir e vir, dos filhos estudarem, de poder alugar uma casa e viver do seu trabalho honesto.

Na Flórida, os imigrantes podem contar com o apoio da FLIC Florida Immigrant Coalition.

Essa organização busca direitos iguais para os imigrantes e integração na vida cívica e cultural de nossas comunidades.  Sua missão é realizada através da coordenação de organizações de imigrantes e educação da comunidade, portanto, as comunidades trabalhando em união.

A Coligação acredita na capacitação de imigrantes e na unificação das comunidades imigrantes para desenvolver uma voz amplificada pelos direitos dos imigrantes. A Coalizão cumpre essa visão unindo as áreas urbanas, rurais, organizações religiosas, jurídicas e comunitárias, como o Centro Comunitário Brasileiro.

O Centro Comunitário Brasileiro, demonstrando seu apoio à essa organização, convidou à comunidade para assistirem ao documentário “Lost in Detention”, no Restaurante Tuba’s, em Pompano Beach.

Um grupo de 53 brasileiros atendeu o convite e, junto com membros da Flórida Immigrant Coalition, assistiu atentamente ao documentário. E as pessoas puderam ainda fazer perguntas pertinentes à imigração e ao sistema prisional do EUA e mais precisamente, da Flórida.
Natalia Jaramillo, Kathy Bird e Felipe Matos, representando a FLIC, falaram sobre os temores de uma nova construção, nas imediações de Davie, na Flórida. Uma possível coligação da cidade com um sistema privado de correções objetivando a construção de uma nova cadeia, com 2000 leitos.

Felipe Matos é um jovem brasileiro, natural do Rio de Janeiro, que deixou claro o direito de lutar pelos seus sonhos e pelos seus estudos. Em 2010, Felipe caminhou de Miami até Washigton, DC, como forma de defender o “Dream Act”.

Foram quatro meses de caminhada, por mais de 1500 milhas. Segundo Felipe Matos, “estima-se que 65.000 imigrantes ilegais de graduação no ensino médio por ano e se encontram em situação de deportação”.

Felipe Matos e outros dois companheiros fizeram esse ato de protesto e ao mesmo tempo encontraram nessa caminhada, uma maneira de implorar ao presidente Barack Obama que pare com as deportações injustas, sobretudo as de estudantes, já que o Dream Act foi uma promessa de campanha.

Quando abordados por essa caminhada, uma colega de Felipe exclamou: “Nós não queremos fazer nada para parecer radical. Queremos mostrar nosso amor, paixão e desejo de permanecer no país”.

Após a exibição e apresentação dos membros da FLIC, um jovem estudante brasileiro, deu um impressionante depoimento sobre o que passou nas mãos da polícia de Broward. Segundo George Saliba, natural da Bahia, ele foi preso e mesmo pagando fiança, permaneceu detido por vários dias, perdendo emprego, escola e outros benefícios que gozava por ter visto de estudante. George, em seu depoimento ontem no Tuba`s Restaurante, disse que graças à intervenção do Centro Comunitário Brasileiro e seus voluntários, ele conseguiu sair mais rápido da prisão.

O Centro Comunitário Brasileiro pode e realmente ajuda em muitas situações. Se você ainda não conhece, está na hora de saber o que é e o que a associação faz pela comunidade.

O Centro Comunitário se reúne todas as terças-feiras às 7:30pm, no 4823 da Dixie Hwy, em Deerfield Beach, no plaza onde funciona o Supermercado Latino e fica ao lado do Chico`s Place Restaurante. Poderão buscar mais informações pelo telefone (954) 618.9116 ou (754) 227.7323.