Lula afirma que governo Dilma errou na condução da economia

0
1177

Lula afirma que governo Dilma errou na condução da economia

DA REDAÇÃO – Em uma resposta às críticas das centrais sindicais à condução da economia no governo Dilma, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reconheceu na terça-feira (31) que a petista cometeu “equívocos” em sua política tarifária. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Ao discursar para uma plateia de representantes de movimento sociais, ele afirmou que o governo federal não reajustou antes o preço da gasolina por temer que o aumento pressionasse a inflação do país.

Ainda segundo ele, ao ter reduzido a conta de luz em 2013, a presidente Dilma Rousseff não esperava que o país enfrentasse uma estiagem de chuvas que impactasse o fornecimento de energia.

Para os partidos de oposição, a demora no reajuste da gasolina afetou negativamente as contas da Petrobras.

“Nós, e é importante eu também assumir e cada um de nós assumir, cometemos equívocos. Por que não se aumentou a gasolina desde 2012? Porque não queria que a inflação subisse”, explicou.

“Nós temos de ter certeza de que esse aumento da energia foi necessário por conta dessa situação. Não tenho dúvida de que, quando as coisas melhorarem, a presidente vai reajustar outra vez `o preço` favorável ao povo brasileiro”, justificou.

Na avaliação do petista, o ajuste fiscal implementado pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, é necessário. Segundo ele, no cenário econômico atual, a presidente precisava “dar uma parada”. “Fiz um ajuste mais forte do que esse em 2003. Fiz um ajuste necessário”, lembrou.

O discurso foi feito em ato em defesa da democracia e da Petrobras, alvo da Operação Lava Jato, da Polícia Federal. O ex-presidente da estatal José Sérgio Gabrielli participou e até ganhou elogios públicos de Lula. “Tenho orgulho de ter sido o presidente que te indicou tesoureiro e presidente da Petrobras”, disse Lula dirigindo-se a Gabrielli, que é citado numa ação movida nos Estados Unidos.