Lula defende que Estado dê tratamento adequado a tema d aborto

0
673

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu nesta terça-feira que o Estado dê um tratamento adequado à questão do aborto e afirmou que a lei atual não reflete a realidade do país. Lula sugeriu que a televisão promova um debate com a sociedade sobre o tema.

“A legislação não trata da veracidade dos acontecimentos no país”, afirmou o presidente. Ele respondia, na primeira entrevista coletiva do seu segundo mandato, sobre a adequação da lei em vigor sobre o aborto, que prevê casos em que esse tipo de intervenção é legalizado.

“Todo cidadão católico ou não, cristão ou não, sabe que existe quantidade exagerada de abortos”, afirmou. “O Estado tem que dar um tratamento adequado.”