Lula quer elevar salário mínimo a 465 reais

0
666

Promessa teria sido feita a sindicalistas

Preocupado com perspectivas para a economia no 1º trimestre deste ano, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva garantiu a dirigentes sindicais que vai propor ao Congresso um salário mínimo de 465 reais. O aumento de 50 reais (vale R$ 415 desde marco de 2008) seria o 115º reajuste do valor do mínimo desde 1940, quando foi instituído. O novo valor valeria a partir de fevereiro.

Segundo os sindicalistas que participaram do encontro, Lula afirmou ainda que convocará os governadores para conversar sobre a manutenção da redução do ICMS dos Estados por considerar importante essa medida para aumento do volume do capital de giro das empresas. O presidente disse, por três vezes, que estamos passando por período “muito delicado”. Sobre a proposta dos sindicalistas de aumento das parcelas e valores do seguro-desemprego, o presidente argumentou que a fase “é complicada”, uma vez que as empresas precisam fazer caixa.