Lutador Thiago Silva volta ao UFC depois de ser expulso

0
1178

Brasileiro se envolveu em briga em Fort Lauderdale quando teria ameaçado sua ex-namorada com uma arma

DA REDAÇÃO COM ESPN

Lutador Thiago Silva volta ao UFC depois de ser expulsoO problemático Thiago Silva está de volta ao UFC. O brasileiro foi demitido em fevereiro depois de ser preso em uma verdadeira operação cinematográfica e tinha ouvido de sua equipe que nunca mais pisaria em um octógono do Ultimate. Porém, a equipe do lutador anunciou na semana passada que ele estava de volta. O anúncio vem um dia depois de todas as acusações contra Silva serem retiradas.

“Estamos orgulhosos de anunciar que Thiago Silva está oficialmente de volta ao UFC. Agradecemos de coração ao UFC e esperamos vê-lo lutando novamente em janeiro”, posto a equipe pelas redes sociais.

Toda a confusão em fevereiro chamou a atenção do mundo. Thiago Silva foi preso na madrugada do dia 7 de fevereiro na Flórida em uma operação da SWAT (Special Weapons and Tatics, polícia de elite norte-americana). O brasileiro se trancafiou armado em sua casa, após uma briga.

A polícia foi acionada após Thiago ter ameaçado, com uma arma, pessoas na academia Pablo Popovitch Mixed Martial Arts, onde treina sua esposa, Thaysa Silva. Pela informação inicial de testemunhas, a confusão teria começado após uma discussão do casal. A operação, que contou com número considerável de policiais, foi transmitida ao vivo pela rede de televisão NBC.

Na semana passada, porém, a polícia norte-americana anunciou que as acusações contra o lutador foram retiradas. A vítima, Thaysa Silva, não teria cooperado nas investigações e ainda teria deixado os Estados Unidos. O lutador já respondia em liberdade desde março, quando pagou a fiança pelo caso.

Após a prisão, o UFC anunciou imediatamente a demissão do lutador. Thiago vinha de duas vitórias seguidas no UFC. Em junho do ano passado, em Fortaleza, o lutador nocauteou Rafael Cavalcante e em Barueri, quatro meses depois, superou Matt Hamill por decisão unânime.