Luzes, câmeras, ação!

0
739

O destaque deste festival são as comédias, talvez um sintoma do bom momento vivido pelo Brasil

Cinéfilos, preparem-se. Nesta sexta-feira, começa o 15th Brazilian Film Festival of Miami, que consiste das mostras competitiva e paralela. No total são 14 longas e 14 curtas-metragens concorrendo ao Prêmio Lente de Cristal, além de 12 exibições fora de competição. Por trás da seleção dos filmes concorrentes está o grupo de curadores do Circuito Inffinito de Festivais, que este ano traz o cineasta Fernando Meirelles (Cidade de Deus), a produtora Paula Barreto (Lula, o Filho do Brasil, Dona Flor e Seus Dois Maridos), o distribuidor Marco Aurélio Marcondes, o diretor do site Filme B, Paulo Sérgio Almeida, a diretora geral da Migdal (Nosso Lar), Iafa Britz, e a produtora e distribuidora Bianca de Felippes (Carlota Joaquina).
Maior premiação do cinema brasileiro no exterior, a Lente de Cristal é oferecida em 11 categorias para longa-metragem e em seis categorias para curta na escolha do júri oficial, composto por renomados representantes do setor audiovisual latino e americano. O júri 2011 inclui: Michael Dagnery, vice-presidente de Conteúdo e Desenvolvimento da MTV Tr3s; Patricia Arias, diretora de Gerenciamento e Artístico da CAMACOL Miami Midia and Film Market; Barbara Weitz, diretora do Programa de Certificado em Estudos de Cinema da Florida International University (FIU); Andrew Nathanson, presidente da Florida Film Comission; Lisa Gottlieb, professora associada do Programa de Cinema da University of Miami; e Maria Arlete Gonçalves, diretora de Cultura do Oi Futuro e gestora do Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados, como presidente do júri.

O 15th Brazilian Film Festival of Miami começa no dia 19, com as exibições hors concours do longa Salve Geral, de Sérgio Rezende, e do curta O Troco, de André Rolim, vencedores em 2010. Com apresentação da atriz Alessandra Colasanti e participação especial do ator Ney Latorraca, a noite de encerramento premiará os ganhadores de cada categoria da Lente de Cristal, que receberão o troféu criado pela artista plástica Helena Bressane, e terá a exibição do longa A Suprema Felicidade, de Arnaldo Jabor, homenageado este ano.
Mostra Competitiva

Os filmes que concorrem ao Prêmio Lente de Cristal serão exibidos no Colony Theatre, em Miami Beach. Os longas-metragens programados são: Além da Estrada, de Charly Braun; Nosso Lar, de Wagner de Assis; De Pernas Pro Ar, de Roberto Santucci; Desenrola, de Rosane Svartman; Malu de Bicicleta, de Flávio Ramos Tambellini; Bróder, de Jeferson De; Não Se Preocupe, Nada Vai Dar Certo, de Hugo Carvana; Boca do Lixo, de Flavio Frederico; 180º, de Eduardo Vaisman; Cilada.com, de José Alvarenga Jr.; VIPs, de Toniko Melo; Qualquer Gato Vira-Lata, de Tomás Portella; Muita Calma Nessa Hora, de Felipe Joffily; e Família Vende Tudo, de Alain Fresnot.

Já os curtas-metragens no páreo são: Assim Como Ela, de Flora Diegues; 3X4, de Caue Nunes; A Casa das Horas, de Heraldo Cavalcanti; A Verdadeira História da Bailarina de Vermelho, de Alessandra Colasanti e Samir Abujamra; Distantes, de Bruno Peres; Amigos Bizarros do Ricardinho, de Augusto Canini; Ferocidade Entre a Urbe e a Flora, de Márcio B. Venturi; Garoto Barba, de Christopher Faust; O Guardado, de Marcelo Felipe Sampaio e Paulo Alvarenga; a animação Tempestade, de Cesar Cabral; O Bolo, de Robert Guimarães; Cachoeira, de Sergio José de Andrade; O Caso Libras, de Melise Maia; e o documentário Esta Pintura Dispensa Flores, de Luiz Carlos Lacerda.
Mostra de Documentários

Outros cinco títulos serão exibidos fora de competição, na Mostra de Documentários no Miami Beach Cinematheque. São eles: Dzi Croquettes, de Tatiana Issa e Raphael Alvarez, também vencedor do 14º Brazilian Film Festival of Miami; Elza, de Izabel Jaguaribe e Ernesto Baldan; Memória Cubana, de Alice de Andrade e Iván Napoles; Uma Noite em 67, de Ricardo Calil e Renato Terra; e Cortina de Fumaça, de Rodrigo Mac Niven.

Clique aqui e veja a programação completo do Festival