Mãe brasileira e filho de sete anos morrem em incêndio em Shiga, no Japão

0
833

Patrícia VianaA brasileira Patrícia Viana, de 32 anos, e o filho Arthur, de 7 anos, morreram na manhã de quarta-feira (26) quando o fogo atingiu a residência onde moravam. Os dois, que eram nascidos no Ceará, morreram carbonizados dentro do quarto dela. A brasileira morava no Japão com o marido há dez anos, e há dois anos residia na província de Shiga.

O marido da brasileira, o paulista Jorge de Lima Higa, 35, trabalha à noite e não estava em casa quando o fogo começou, por volta das 3am. De acordo com o marido da vítima, os corpos serão cremados e as cinzas levadas para o Ceará.

De acordo com os bombeiros, o incêndio destruiu quatro imóveis e provavelmente teve início na casa onde morava a família brasileira. Acredita-se que o fogo teve início no primeiro andar da casa e os dois não conseguiram deixar a residência.

Jorge de Lima disse à família no Brasil que foi avisado do incêndio quando estava na fábrica de eletrônicos onde trabalha. Ao chegar em casa ainda viu Patrícia na varanda, mas ela não quis pular porque o menino estava desacordado. Ela entrou para o quarto e não voltou. Os bombeiros ainda investigam as causas do incêndio.

A casa onde os brasileiros moravam era de madeira e o piso era carpete, o que pode ter facilitado o fogo ter se espalhado. Patrícia e Arthur foram as únicas vítimas do incêndio.