Maracatu contagia novaiorquinos

0
989

Nation Beat surgiu em New York para divulgar uma música inspirada no ritmo pernambucano

Nation Beat. Este é o nome do grupo musical formado por Scott Kettner, americano apaixonado pelo Brasil e particularmente fã do maracatu, ritmo característico de Pernambuco.

Kettner morou no ano 2000 no Brasil e ficou quase meio ano em Recife, onde entrou em contato com as raízes do maracatu através de Jorge Martins, membro do grupo Maracatu Estrada Brilhante.

Ele trouxe de volta para Nova York uma forte amizade com Jorge, de quem se tornou compadre, e a idéia de fundir musicalmente o maracatu com os ritmos do sul dos Estados Unidos.

Dessa fusão, surgiu uma batida instigante que passeia por ritmos próprios mesclando forró, maracatu, country music americana e sons europeus e africanos. A miscelânea musical resulta num ritmo contagiante que impede alguém de ficar indiferente a este som único e cheio de vida, segundo o crítico musical e escritor Banning Eyre, que ficou enfeitiçado com a criativade musical do grupo, ao ouvir o álbum Legends of the Preacher do Nation Beat.

Integrantes da banda

O diretor musical Scott Kettner é o baterista e percussionista da Nation Beat, enquanto Eduardo Guedes também é responsável pela percussão. Raphael McGregor é o guitarrista, Mike Lavalle toca contrabaixo, Sky Steele toca violino e canta algumas canções do grupo que tem como principal vocalista a brasileira Liliana Araújo, finalista do Fama, um tipo de American Idol brasileiro, transmitido pela TV Globo.

Legends of the Preacher

O disco Legends of the Preacher inclui ainda três colaborações com o The Klezmatics, vencedores do prêmio Grammy de 2007. Juntos Nation Beat e The Klezmatics trabalharam com as raízes musicais do Brasil e dos Estados Unidos e adicionaram as raízes do Leste Europeu, com forte influência judaica. Kettner e Frank London, líder da banda Klezmatics, passaram anos explorando possíveis conexões musicais entre o nordeste do Brasil e a comunidade judaica que plantou raízes lá há quase 400 anos. Aliás, na cidade de Recife é que surgiu a primeira sinagoga do Hemisfério Ocidental.