Maria Gadú é a atração no encerramento

0
556

Maria Gadú hoje já faz parte do primeiro time de estrelas da MPB. Considerada a cantora revelação em 2009, esta paulista de apenas 23 anos é a atração principal da festa de encerramento do 14º BRAFF e subirá ao palco do Lincoln Theatre para mostrar seus principais sucessos, como ‘Shimbalaiê’, ‘A falta que a falta faz’ e ‘Altar particular’.

A carreira de Gadú começou a decolar quando sua voz ao mesmo tempo doce e marcante encantou artistas consagrados como Chico Buarque, Caetano Veloso e Milton Nascimento. Na minissérie ‘Maysa’ é dela a interpretação do clássico ‘Ne me quitte pas’ e o talento não demorou a ser reconhecido nacionalmente – e também fora do País. Pois é, a moça já foi convidada a participar de shows de estrelas internacionais como o da inglesa Joss Stone e o sueco Eagle-Eye Cherry. Seus álbum mais recente já vendeu mais de 100 mil cópias (um espanto para uma época marcada pela pirataria).

Mas tudo isso foi conquistado com muito esforço. Gadú começou a se interessar por música ainda na infância: Aos 7 anos de idade já gravava suas cantorias em fitas cassetes e com apenas 13 anos começou a fazer shows em bares na noite paulista. Foi para Europa como mochileira e se apresentava nas ruas. Na volta ao Brasil, se estabeleceu no Rio de Janeiro e chamou a atenção de públicos variados, já que seu estilo é eclético – e, vale dizer, diferente de tudo, apesar das influências diversas, que vão desde Adoniran Barbosa a Paralamas do Sucesso.

Mas a melhor forma de conhecer o estilo de Gadú é conferir o show da cantora neste sábado. Confira as informações na Agenda.