Histórico

Marido processa floricultura que revelou infidelidade nos EUA

da Folha Online

Um americano quer receber US$ 1 milhão de uma loja de flores que enviou para sua casa uma carta de agradecimento por ele ter comprado um buquê de flores para sua amante.

Com isso, sua mulher descobriu sua traição e, agora, Leroy Greer acusa a loja de destruir seu casamento. Segundo o texto do processo aberto no último dia 6 contra a empresa “1-800 Flores”, Greer encomendou por telefone, em abril passado, uma dúzia de rosas e um ursinho de pelúcia no valor de US$ 100 para serem enviados a sua amante.

No entanto, vários meses mais tarde, a floricultura enviou uma mensagem para a casa de Greer para agradecer por sua compra e oferecer um desconto em suas futuras encomendas.

A carta foi encontrada pela mulher, que telefonou para a loja para obter detalhes sobre o assunto. A empresa enviou então uma cópia do recibo, acompanhada por um bilhete de seu marido dirigido à amante, assim como o nome e o endereço desta última.

“Só queria dizer que te amo e que você é muito importante para mim”, dizia a mensagem do marido infiel.

A esposa de Greer pediu o divórcio usando o bilhete como prova de infidelidade e reclamando a divisão de bens.

Já Greer abriu processo contra a floricultura, afirmando que um representante lhe havia dito que nenhum registro de seu pedido seria enviado para sua casa ou escritório.

A empresa alega, no entanto, que não é responsável pelo “comportamento individual de seus clientes”.

Baixe nosso aplicativo