Histórico

Mexicano, magnata da telefonia, é o 2º homem mais rico do mundo

Bill Gates continua imbatível no topo da lista de bilionários da Forbes

A fortuna do empresário mexicano do setor de telecomunicações Carlos Slim ultrapassou a do investidor americano Warren Buffett e seria agora a segunda maior do mundo, segundo a última edição da revista de negócios Forbes.
A Forbes, que prepara anualmente a famosa lista dos bilionários mundiais, diz que as variações das cotações de suas ações elevou Slim ao segundo posto no dia 29 de março, dois meses após a divulgação da última lista anual, que ainda o colocava na terceira posição.
Segundo a revista, Slim teria hoje um patrimônio estimado em US$ 53,1 bilhões, contra US$ 52,4 bilhões de Buffett, que ocupava o segundo lugar na lista havia sete anos.
O homem mais rico do mundo, segundo a revista, continua sendo Bill Gates, com uma fortuna estimada em US$ 56 bilhões. Gates, dono da Microsoft, ocupa o primeiro lugar da lista há 13 anos.

Patrimônio em alta
Segundo a Forbes, nos dois meses após a divulgação de sua lista anual, a fortuna de Slim cresceu em US$ 4 bilhões, graças à grande valorização das ações de suas empresas, enquanto a de Buffett teve ligeira queda.
O patrimônio de Slim cresceu US$ 23 bilhões nos últimos 14 meses, movido principalmente pelo bom momento da economia mexicana e pela valorização de 46% no mercado de ações em 2006.
A revista avalia que o empresário tem o equivalente a 7% do PIB mexicano e calcula que se Bill Gates tivesse a mesma proporção da economia americana, sua fortuna seria de US$ 874 bilhões.
Segundo a Forbes, a crescente fortuna de Slim tem provocado polêmica no México, onde a renda per capita é de US$ 6,8 mil por ano, já que ele controla 90% do mercado de telefones no país, com um virtual monopólio.