Miami Free Trade Zone, um canal aberto para o comércio

0
488

Empresas podem usar esta ferramenta para negócios

Joel Stewart

O desenvolvimento econômico brasileiro tem gerado oportunidades para companhias interessadas em trading. Porém, a falta de informações sobre taxas de importação e transporte são as principais razões que reduzem a capacidade dessas companhias em se expandir internacionalmente.

Para resolver esta questão, os brasileiros podem recorrer ao Miami Free Trade Zone um local que fornece todos os elementos para suprir as necessidades e providenciar informações, para que essas empresas consigam expandir suas atividades internacionalmente. Vale apenas destacar que Miami é o principal elo de conexão entre a América Latina e os Estados Unidos da América.

Miami também recebe a maioria das exportações/importações que precisam passar pelos Estados Unidos para chegar ao seu destino final, geralmente Ásia, Africa e Europa. A proximidade com as ilhas caribenhas também facilita o trânsito de mercadorias para dentro e fora dos Estados Unidos.

Todas essas qualidades envolvidas por causa de sua localização geram descontos e redução de gastos, além da diminuição do risco de perda ou dano de mercadorias. Por se tratar de uma Free Trade Zone, a dedução de taxas de importação reduz ainda mais os custos operacionais. E o Miami Free Trade Zone também atua como um business center no qual as companhias podem relacionar-se e trocar informações para aumentar os contatos de negócio.

Essa é uma porta aberta para empresas brasileiras que pensam em começar a expandir sua área de atuação do Brasil para o mundo.As conexões geradas pela Free Trade Zone, combinadas com o vasto número de consulados, câmaras de comércio e centros financeiros localizados em Miami, podem potencializar a expansão de mercado para companhias brasileiras.

É também uma oportunidade única para indivíduos que estão buscando criar seu próprio negócio, já que a Miami Free Trade Zone fornece todas as ferramentas disponíveis para apoiar as necessidades do empreendedor.